Blog do Vadilson Oliveira A Notícia em Tempo Real..!!!: Depois dos bancos públicos, Bradesco e Itaú baixam juros

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Depois dos bancos públicos, Bradesco e Itaú baixam juros

Postado Por: Vadilson Oliveira - sexta-feira, 20 de abril de 2012

O Bradesco e Itaú anunciaram hoje  cortes dos juros, após a decisão do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal de reduzir as taxas. Os valores e limites, sujeitos a aprovação de crédito, entram em vigor pelos dois bancos na próxima segunda-feira (23/04). O HSBC e o Santander adotaram a mesma medida.
 

Bradesco

No Bradesco a taxa mínima do crédito pessoal cairá de 2,66% para a partir de 1,97% ao mês. Na linha CDC Bens, a taxa será reduzida de 3,54% para a partir de 2,97% ao mês. No caso do financiamento de veículos, a taxa, que era 1,35%, passará a ser a partir de 0,97% ao mês.

Nas operações de crédito consignado para os aposentados, o Bradesco reduziu a taxa de 1,32% para a partir de 0,9% ao mês.


Os cartões de crédito emitidos em parceria com redes varejistas terão taxas para parcelamento com juros a partir de 2,49% ao mês, com prazo de até 24 meses.

Além da redução das taxas, o Bradesco informou ter ampliado o limite de crédito em mais R$ 15 bilhões, sendo R$ 9 bilhões para pessoas físicas e R$ 5 bilhões para pessoas jurídicas.


Para as micros e pequenas empresas, a instituição criou uma linha de crédito de R$ 1 bilhão para capital de giro e CDC destinados à aquisição de máquinas e equipamentos. A taxa para essa linha ficará em 2,9% ao mês.


O Bradesco informou também que R$ 6 bilhões de limite de crédito ficarão à disposição dos bancos ligados às montadoras de veículos. “A medida visa a incrementar a produção e a comercialização de automóveis, um setor de grande importância na cadeia de produção do país”, diz o banco em nota.

De acordo com a instituição, as medidas anunciadas hoje estão “em consonância com os objetivos de estímulo ao crescimento econômico”.

O Bradesco disse ainda, na nota, que “continua mantendo estudos em diversas modalidades de crédito, observando o perfil de risco dos tomadores de crédito e ressaltando a importância do crédito responsável, evitando o endividamento excessivo e, portanto, [buscando] a saúde financeira de seus clientes”. 

Itaú

No financiamento de veículos, a taxa mínima sofrerá redução de 8% e passa a 0,99% ao mês para clientes correntistas há mais de um ano, em operações com 50% de entrada e parcelamento em até 24 meses. Nos empréstimos consignados para beneficiários do INSS, a taxa mínima foi reduzida para 0,89%, e a máxima, para 2,20% ao mês. 

As micro e pequenas empresas também serão beneficiadas com reduções nas taxas mínimas das linhas de crédito. No cheque especial (LIS), os juros cairão 66% e passam a ser de a partir de 1,95% ao mês. No capital de giro, os juros serão a partir de 1,14% ao mês, em desconto de duplicatas e cheques, a partir de 1,29% ao mês. E, na antecipação de recebíveis de cartões, a taxa mínima passa a ser de 1,05% ao mês. Hoje o volume de crédito disponível para este segmento é superior a R$ 70 bilhões.

O objetivo é também o de atrair mais correntistas, o Itaú lança também um pacote voltado para clientes que recebem salário no banco ou em outra instituição. "Os juros para os clientes que optarem por esse novo pacote terão redução de até 47%. É o caso da taxa mínima do cheque especial (LIS), que será reduzida para 1,95% ao mês. No cartão de crédito, o rotativo passará a ter taxas mínimas a partir de 3,85% ao mês", diz em nota. 

Em ambos os casos, o limites e pisos das taxas são superiores aos anunciados pelos bancos públicos. 


  Agência Brasil 




Por:Vadilson Oliveira

SIGA NOSSO PORTAL EM »: Twitter ,TORNA-SE UM FÃ EM »: Facebook .FIQUE ATUALIZADO VIA » RSS

0 comentários for " Depois dos bancos públicos, Bradesco e Itaú baixam juros "

Deixe seu Comentário, de Fato é Muito Importante

Deixe seu comentário sobre o blog vadilson oliveira...!

PUBLICIDADE