Blog do Vadilson Oliveira A Notícia em Tempo Real..!!!: Manifestação na Avenida do Estado deixou de ser pacífica, diz PM .

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Manifestação na Avenida do Estado deixou de ser pacífica, diz PM .

Postado Por: Vadilson Oliveira - sábado, 6 de agosto de 2011

Ambulantes protestam contra aperto na fiscalização na Feira da Madrugada.Secretário municipal diz que situação é tensa. 

Manifestantes protestam contra aperto na fiscalização da "Feira da Madrugada", no Pátio do Pari (Foto: Reprodução/TV Globo)Manifestantes protestam contra aperto na fiscalização da "Feira da Madrugada", no Pátio do Pari (Foto: Reprodução/TV Globo).
Manifestantes e policiais militares vivem clima de tensão na manhã deste sábado (6) na Avenida do Estado, perto da Rua São Caetano, no Centro de São Paulo. 


Segundo a PM, por volta das 11h, a manifestação não estava mais pacífica.  Manifestantes voltaram a ocupar a avenida por volta das  9h30. O mesmo grupo realizou protesto mais cedo, entre as 8h e as 8h30, mas foi contido pela polícia.  As manifestações são realizadas por comerciantes que se opõem ao aperto da fiscalização realizada pela Prefeitura de São Paulo sobre a Feira da Madrugada. O secretário municipal da  Segurança Urbana, Edsom Ortega, afirmou que a situação no local é tensa porque parte dos ambulantes quer invadir o local onde a feira é realizada. Segundo a PM, policiais tentam evitar o  avanço do bloqueio.
Na sexta-feira (5) a Prefeitura de São Paulo iniciou uma operação de combate à pirataria na Feira da Madrugada, realizada no Pátio do Pari, na região central da capital paulista. Enquanto houver a fiscalização, a feira ficará fechada, segundo Edsom Ortega, secretário municipal de Segurança Urbana. No local, há cerca de 3 mil lojas instaladas.
Na primeira fase da operação, serão verificadas a documentação dos lojistas e dos produtos expostos, além da apreensão de mercadorias ilegais. Essa fase continua durante o fim de semana.
A Guarda Civil Metropolitana e a Polícia Militar cuidam do controle de entrada e de saída durante a fiscalização nas lojas. A operação ainda conta com a participação da Polícia Federal, do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), de agentes das receitas Federal, Estadual e Municipal, do Procon, do Ministério da Justiça e de órgãos ligados à Prefeitura de São Paulo.
O Ministério Público Federal determinou a abertura de um inquérito na Polícia Federal para investigar as denúncias de corrupção que envolvem a feirinha. O empresário Geraldo Amorim, que administrou a Feira da Madrugada em São Paulo, disse que depois que o centro comercial foi criado, em 2005, começaram os pedidos de propina e ameaças.
Em julho, o prefeito Gilberto Kassab confirmou a troca de nove dos 31 subprefeitos - entre eles o da Mooca, responsável pela região da polêmica feira. O local pertence à União e tem uma história complicada de exploração comercial, sendo alvo de uma série de denúncias de corrupção.
Manifestantes voltaram a ocupar, por volta das 9h30, a Avenida do Estado, no Centro de São Paulo (Foto: Reprodução/TV Globo)Manifestantes voltaram a ocupar, por volta das 9h30, a Avenida do Estado, no Centro de São Paulo (Foto: Reprodução/TV Globo).

SIGA NOSSO PORTAL EM »: Twitter ,TORNA-SE UM FÃ EM »: Facebook .FIQUE ATUALIZADO VIA » RSS

0 comentários for " Manifestação na Avenida do Estado deixou de ser pacífica, diz PM . "

Deixe seu Comentário, de Fato é Muito Importante

Deixe seu comentário sobre o blog vadilson oliveira...!

PUBLICIDADE